Receita caseira para fortalecer as articulações dos pets

Tudo Natural para Meu Pet ->
Ele Merece

No inverno é comum o aumento de dores articulares nos pets. Assim como os humanos, o clima frio e húmido pode favorecer a sensibilidade das articulações nos animais, causando dor e desconforto, principalmente nos animais idosos ou nos que já sofrem de artrite, artrose ou displasia coxofemural. Os animais apresentam uma redução da capacidade motora, além de dores e inchaços na articulação.

Quais são os problemas relacionados às articulações dos pets?

  • Artrite é uma inflamação ou inchaço de uma articulação que causa dor quando o animal se move. A inflamação tende a desaparecer com o uso de medicação;
  • Artrose é uma inflamação crônica, uma artrite que permanece e pode piorar. A medicação melhora os sintomas, mas não cura;
  • Displasia coxofemural se caracteriza pela má formação da articulação coxofemural. É  hereditária e mais comum nos cães, pode surgir em qualquer raça, mas é mais comum nas raças grandes ou gigantes.

 

Como prevenir?

Um cuidado importante que pode prevenir este tipo de doença é evitar que o pet não engorde demais, como falamos aqui. O peso excessivo acentua a carga sobre as articulações causando inflamações. O tutor deve ficar atento à locomoção do animal, qualquer sinal de dificuldade, o pet deve ser levado ao veterinário. O quanto antes a doença for diagnosticada, mais lenta será a evolução do quadro e menos dor o pet irá sentir.

 

O que fazer em caso de dores nas articulações dos pets?

O tutor pode diminuir o desconforto dos animais com sessões de fisioterapia combinadas com o uso de suplementos para amenizar e prevenir as dores.

A médica veterinária Sonali Ribeiro indica a receita de galeia de pé de frango que age como proteção articular e anti-inflamatório. A receita pode ser dado aos cães e gatos, sem contraindicação, a não ser que o pet seja alérgico a algum dos componentes.



GELEIA DE PÉ DE FRANGO

Ingredientes:

– 1kg de pés de frango
– 1 col. (chá) de cúrcuma (açafrão da terra)
– 1⁄2 col. (café) de pimenta do reino no ralo grosso, ou 1 col. (café) de gengibre ralado/ bem picado
– 1 col. (sobremesa) cheia de óleo de coco extra virgem

Modo de preparo:

Retire as unhas, lave bem com água quente e vinagre ou suco de limão e deixe de molho por alguns minutos – enxague bem em água corrente para remover o resíduo do vinagre.
No fundo da panela de pressão coloque o óleo de coco e a cúrcuma e refogue por alguns segundos com a pimenta do reino ou gengibre. Acrescente os pés de frango e acrescentar água (3 dedos acima do nível) e cozinhar até amolecerem os pés.

Desosse os pés retirando apenas o osso mais longo, liquidificar o que sobrou e passar na peneira
Deixe esfriar na geladeira em potes pequenos, essa preparação gelatiniza, por isso prepare em pequenas porções.

Congele o que não for usado em até 3 dias.

Dosagem:

Pode ser oferecido aproximadamente 1 col. (chá) até 1 col. (sopa) por dia.
Comece com metade da quantidade (1 col. (café) para definir a quantidade tolerada.

Pode ser oferecido como sorvete, ou misturado na comida, ou como um lanche de caldo morno ou frio.

*O pé de galinha tem pouca gordura e é rico em colágeno que auxilia na recuperação das articulações. A cúrcuma em meio oleoso (óleo de coco), é antiinflamatória e antioxidante. A junção dos dois potencializa o efeito protetor e restaurador das articulações.

 

Este artigo contou com a colaboração da Médica Veterinária Dra. Sonali Rebelo, especialista em Nutrição Clínica e Funcional do site Tendências Naturebas Pets http://www.tendenciasnaturebaspets.com.br/

 

Sobre a autora

Camila Bourgard é mãe da Caju, jornalista e possui mestrado em Comunicação.

Este post foi publicado em por