Moda ética: 5 dicas para ter um guarda-roupa mais consciente

Bicicleta Infantil de Equilíbrio ->
Seu filho merece!

Em abril de 2013, a queda de um complexo de fábricas têxtis em Bangladesh chamou a atenção do mundo para os problemas do consumo de fast-fashion.  Além da precariedade das fábricas terceirizadas que produzem para as grandes marcas varejistas, a tragédia – que causou cerca de 1100 mortes – fez com que outras informações alarmantes chegassem ao consumidor como um impulso para um consumo mais responsável e consciente.

Um passo por vez, podemos mudar nossa forma de consumo e a indústria da moda como um todo. Abaixo, algumas dicas para quem quer comprar de forma mais ética e sustentável:

 

 

1 – Procure conhecer os certificados que asseguram uma produção justa e o uso de produtos que não sejam nocivos à saúde;

 

2- Comprar de produtores locais e nacionais permite que você pague diretamente a quem produz, movimenta a economia local e evita todo o impacto ambiental causado pelo transporte de roupas e tecidos por longas distâncias;

 

3- Cuidado com o barato que sai caro.  Roupas muito baratas tendem a ter pior acabamento e estragar após poucas lavagens. Comprar roupas de boa qualidade, com maior durabilidade e investir no conserto de roupas e calçados vale o investimento e evita o consumo desnecessário de novas peças;

 

4 – Comprar roupas de segunda mão faz com que elas sejam reaproveitadas e evita toda a pegada ecológica e social necessária para se produzir uma nova peça;

 

5- Pesquise na internet a história e a filosofia das marcas, assim como a cadeia de produção, antes de comprar seus produtos. Alguns aplicativos como o Moda Livre podem ajudar nessa pesquisa.

Entrar em contato com as marcas perguntando pormenores da produção cria uma relação mais pessoal e mostra à indústria que os consumidores esperam maior transparência sobre a produção das peças que compram.

Comprar de forma mais ética e consciente exige repensar o consumo de maneira geral, comprando menos, produtos que durem mais e peças que carreguem uma história que comungue com os nossos valores.

E você?! Como escolhe suas roupas? Compartilhe conosco suas dicas e experiências!

 

Sobre a autora

Gabriela Roméro é jornalista e mestre em Relações Internacionais. Mora atualmente no sul da Alemanha, onde dedica seu tempo a pensar sobre moda ética e tentar mudar o mundo uma peça por vez. Clique aqui para falar com ela e acessar sua Newsletter.

Fotos: EcoFashionOutlet, EspiraldeEstilos (Reprodução)

 

Este post foi publicado em por