Jejum Intermitente: passo a passo de como fazer

Jejum Intermitente: O que é? Para que serve? Como fazer?

O que é?

Desvendando o mistério do significado:
 aposto que você está ouvindo essa expressão cada vez mais e vem se perguntando o que é isso. Vamos explicar detalhadamente!

Jejum: Período sem alimentação alguma.
Intermitente: Algo que possui intervalos.
Jejum intermitente: Período sem alimentação que possui alguns intervalos para haver ALIMENTAÇÃO.

Ainda não entendi muito bem!

Sabemos que o ato do jejum é tão antigo como o homem. 
Comer mais de 3 refeições diárias nunca foi uma rotina do ser humano. Os nossos antepassados ficavam dias sem comer até caçarem uma presa ou encontrar comida e se alimentavam em grande quantidade quando era possível. Isso significa que nosso corpo está preparado para jejuar.
Estudos comprovam que não há vantagem alguma
 nessa “nova rotina” (dos últimos 50 anos) de fazer pequenas refeições e comer de 3 em 3 horas.
 Enquanto isso, o JI vem ganhando cada vez mais seguidores pela facilidade e praticidade em seguí-lo.

Para que serve?

O primeiro objetivo da grande maioria dos adeptos é emagrecer! Pois o jejum torna a restrição calórica mais fácil e tem vários benefícios: acelera o metabolismo, aumenta a sensibilidade à insulina, regula a pressão arterial e leva a uma otimização hormonal.
Mas devemos frizar que para emagrecer deve haver DÉFICIT CALÓRICO no balanço diário ou semanal.
Isto é, a ingestão de calorias deve ser MENOR em relação ao gasto calórico. Para isso, sua alimentação deve ser regrada.
Lembramos que é possível alcançar esse déficit SEM a prática do jejum intermitente.
Ele é apenas uma estratégia para facilitar.

jejum intermitente
Está na hora de comer?

Como fazer?

Primeiro passo é estipular qual será o seu protocolo a seguir. Isso irá ditar quando você vai comer.  E não o que você vai comer. O que você vai comer é de extrema importância e deve respeitar às regras básicas de uma dieta saudável. 
Existem diversos protocolos (como são chamados os tipos de Jejum intermitente) e cabe à sua individualidade escolher e testar qual o melhor para seu organismo.


  • O protocolo mais comum é o 16h/8h: não comer durante 16 horas e se alimentar durante as 8 horas restantes.
  • Outro é o 20h/4h:  jejum durante 20 horas e se alimentar em uma janela de 4 horas.
  • Alguns protocolos indicam parar de comer durante um dia inteiro (23 ou 24h)  e comer só no dia seguinte.

jejum intermitente
Café preto sem açúcar é permitido durante o Jejum.


Durante o jejum
você pode beber água, café e chá sem açúcar. Esses líquidos não irão quebrá-lo.
Os primeiros alimentos do dia = os que irão quebrar o jejum = devem ser escolhidos atenciosamente.
Aconselháveis: alimentos com maior teor de gordura e proteína.
Exemplos: Ovos, abacate, castanhas, pasta de amendoim, legumes, azeite.
Desaconselháveis: alimentos com alto índice glicêmico.
Exemplos: Açúcares, pães, tapiocas, farinhas brancas, massas, sucos de fruta puros.


O Jejum intermitente pode não ser para qualquer pessoa.
Ele deve ser adaptado à rotina de forma fácil, sem sofrimentos e sob orientação de um profissional da área de saúde.
Especialmente para mulheres que desejam aderir ao JI: deve-se ter uma cautela extra em relação aos hormônios.

Não é necessário fazer todos os dias.
Há dias para fazer jejum e há dias para tomar um belo café da manhã.

Café da manhã: quebrando o jejum
Café da manhã: quebrando o Jejum.

O Lar Natural aconselha que seus leitores procurem a supervisão de um profissional especializado antes de iniciar quaisquer mudanças em sua alimentação.

 

Este post foi publicado em por