Encante-se com a Chapada dos Veadeiros!

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros fica no Estado de Goiás, a 260km de Brasília, e atrai visitantes interessados em ecoturismo, que buscam aventura, contato com a natureza, boas energias e lindas paisagens do cerrado brasileiro.

Vamos ver quais são as principais atrações e como visitar esse lindo parque, considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco. Vem comigo!

Principais atrações da Chapada dos Veadeiros

O Parque está localizado em uma área protegida de 65.515 hectares de cerrado de altitude, com suas formações vegetais singulares, centenas de nascentes, várias cachoeiras, sendo uma de 80 e outra de 120 metros, rochas de mais de 1 bilhão de anos, rica fauna e flora, em paisagens de tirar o fôlego divididas em 4 trilhas. Vamos à elas!

Trilhas da Chapada dos Veadeiros

Travessia das Sete Quedas

Com 23,5 km de extensão, o percurso pode ser feito em 2 dias, seu grau de dificuldade é difícil e requer um bom preparo físico e disposição. Nesse trajeto você pode contar com Cânion I, campos rupestres, lindas veredas, cerrado, trilha histórica da época do garimpo (Fiandeiras), banho no Rio Preto e Torre da Mata Funda.

O limite é de 15 pessoas acampadas (noite), essa trilha termina fora do parque, a 12km de São Jorge, e o translado é por conta do visitante, que deve agendar previamente com empresas que prestam serviço na região.

Trilha dos Saltos

11km ida e volta, pode levar de 4 a 6 horas para ser feita, dependendo do tempo das paradas, seu grau de dificuldade fica entre médio e difícil, e a maior parte do trajeto é em terreno acidentado e pedregoso. Passa pelo maior garimpo de cristal de quartzo da região, desativado em 1961.

Neste percurso podem ser vistas lindas veredas, Mirante do Salto, queda d’água de 120m e, logo mais, outra cachoeira de 80m, tomar banhos de rio, e realmente contemplar todo o esplendor da Chapada dos Veadeiros. Seu limite é de 250 visitantes por dia.

Trilha dos Cânions

12 Km ida e volta, pode levar de 4 a 6 horas para ser feira, dependendo do tempo das paradas, seu grau de dificuldade fica entre médio e difícil, e o terreno é praticamente plano e pedregoso. Este percurso conta com trechos de sombra, bicas d’água, Cachoeira da Carioca, Cânion II e um delicioso banho de poço. Seu limite é 200 visitantes por dia.

Trilha da Siriema

Com 800 metros ida e volta, esta trilha pode ser feita em 1h30, o trajeto todo é em terreno plano, e seu grau de dificuldade é fácil. Na época de chuva é possível tomar banho no Córrego Rodoviarinha. Esta trilha é recomendada para idosos, crianças, grávidas e pessoas com dificuldade de locomoção. Não tem limite estipulado de visitante.

A dica é fazer as trilhas acompanhada por guia (condutor autorizado), que além de enriquecer a experiência com informações, aumenta a segurança no trajeto. O Parque abre às 8:00 e fecha a entrada às 12:00, a saída é até as 18:00 e sua entrada é gratuita.

Para preservar o ecossistema, o número de visitantes por dia é limitado, procure chegar cedo nos dias e períodos de grande fluxo como finais de semana e férias escolares. Siga as recomendações, regras e orientações do Parque para poder usufruir do passeio com o máximo de segurança e prazer.

Além das atrações do Parque, podemos explorar outras da região, como o Vale da Lua, Cachoeiras Almécegas, Raizama (rapel e canyoning) e as águas termais. Demais não é?!

Você conhece a Chapada dos Veadeiros?  Conte para nós!

Compartilhe este artigo pelo Facebook ou Google +

Este post foi publicado em por