Dicas para dar banho no seu pet

Tudo Natural para Meu Pet ->
Ele Merece

O banho faz parte dos cuidados fundamentais para a boa higiene do seu bichinho. O ideal é que seja introduzido na rotina deles desde filhotinhos e que esteja associado com algo positivo, o menos estressante possível. Por isso muita gente prefere assumir o banho como um momento para reforçar os laços afetivos, economizar uma graninha ou, simplesmente, por que adora brincar com eles enquanto dão o banho.

A veterinária Michelle Camargo, consultora e colunista do portal Tudo Sobre Cachorros nos traz algumas dicas para dar banho no seu pet com todo amor e carinho. Vem comigo!

Dicas para dar banho no seu pet

A frequência do banho varia de semanal a mensal conforme a raça, veja com seu veterinário qual é a necessidade do seu pet. No caso dos gatos, por exemplo, 1 banho por mês é o suficiente!

Para dar o banho você vai precisar ter em mãos, previamente organizados:

-Banheira, bacia ou até mesmo chuveiro dependendo do tamanho e do bichinho (gatos geralmente ficam mais calmos em bacias).

-Água morna para cães e mais quentinha para gatos.

-Algodão hidrófobo, também conhecido como algodão ortopédico, para tapar os ouvidos durante o banho evitando que a água entre e também para limpá-los. Atenção, essa limpeza é apenas externa com algodão ou gaze com solução neutra de limpeza de ouvido, nunca introduza o algodão ou use cotonete. A parte interna só pode ser limpa pelo seu veterinário.

Shampoo específico para o seu animalzinho – isso é importante, nunca use shampoo ou sabonete para uso humano no banho do seu pet, eles oferecem riscos de alergia e irritação na pele e olhos. O mesmo vale para o condicionador, indicado para animais com pelos lisos e longos. Lembre-se que os gatos se lambem constantemente, portanto o cuidado com o produto escolhido deve ser redobrado. Nem todo produto para cães pode ser usado em gatos, verifique no rótulo do produto se há indicação para os felinos, isso é extremamente importante!

– Pente, escova macia ou rasqueadeira para desembaraçar os pelos.

-Toalha.

-Cortador de unhas.

– Secador de cabelos.

Perfume próprio e acessórios (opcional).

Banho no seu pet passo a passo

Comece fazendo um carinho, tranquilizando seu bichinho, quem sabe até um agrado pode vir a calhar. No caso dos gatos e cães, escovar os pelos antes é um bom jeito de evitar que eles embaracem durante o banho e, também, de acalmá-los para o que vem a seguir.

Antes do banho propriamente dito, limpe externamente os ouvidos e tape-os com algodão hidrofóbico para evitar que entre água. Agora também é a hora de cortar as pontinhas das unhas com todo cuidado para não pegar vasinhos e machucar, muita atenção nessa hora!

Certifique-se que a temperatura da água está ideal e comece molhando seu bichinho pelo rabo e, aos poucos, siga em direção à cabeça; agora é a hora do shampoo, que deve ser passado da mesma forma (do rabo até a cabeça), evitando que ele entre em contato com os olhos e com o focinho e não se esqueça de ensaboar e lavar bem as patinhas.

A etapa seguinte, o enxague, diferente das outras, começa pela cabeça e vai em direção ao rabo. Com as mãos, vá ajudando a água a retirar todo o produto até que não fique nenhum resquício. Se ficar qualquer resíduo de shampoo, poderá causar uma reação na pele do seu pet.

Nos pet shops é comum aplicarem o shampoo mais de uma vez, se quiser fazer assim, repita os procedimentos shampoo e enxágue. Caso seu pet precise de condicionador, após o shampoo aplique o condicionador e termine com um bom enxágue. Resquícios de produtos deixados no pelo podem causar alergias e irritações.

Tire seu amigão do banho envolto a uma toalha, retire todo o excesso de água com ela e vamos para o secador. O barulho incomoda todo mundo, familiarize seu bichinho com ele antes do banho. Use a temperatura morna do secador, mantendo certa distância e cuidando para não atingir os olhos. Nessa hora a rasqueadeira (cães com pelos crespos), pente (cães com pelos longos e lisos) ou escova macia (cães de pelos curtos e gatos) ajuda a desembaraçar os pelos.

Se quiser finalizar com um perfuminho e acessório próprio, agora é a hora! Só não se esqueça de passar o secador novamente depois de aplicar o perfume, para evitar que o pelo fique úmido.

Colaborou para esse artigo a veterinária Michelle Camargo, consultora e colunista do portal Tudo Sobre Cachorros.

Clique aqui para assistir aos vídeos do Lar Natural no Youtube!

Compartilhe esta matéria pelo Facebook ou Google +

Este post foi publicado em por