Como tratar as picadas de insetos nos pets

Tudo Natural para Meu Pet ->
Ele Merece

Os pets frequentemente sofrem picadas, em especial os cães por seu instinto farejador que os levam a cheirar tudo. Por este motivo a maior incidência de picadas são no focinho. Os pets, especialmente aqueles que têm acesso a quintais ou grandes espaços abertos, estão mais propícios à serem picados por insetos e aracnídeos, como aranhas e escorpiões. As picadas destes diferentes animais podem ter sintomas sutis como vermelhidão e inchaço na área picada, até vômitos, diarreias, baixa na pressão arterial e dificuldade para respirar.

 

Como prevenir picadas de insetos nos pets

Para prevenir o contato dos pets com estes animais, o mais eficaz é utilizar repelentes. Exitem algumas alternativas de repelentes naturais com base no óleo de Neem que podem ser usados tanto no animal como em jardins.

Repel Neem Óleo Emulsionado (1L)
Repelente à base de Óleo de Neem à venda na Lojinha Natural

Veja aqui também algumas receitas naturais para proteger seu animal de estimação.

Caso o seu pet tenha sido picado, abaixo listamos alguns cuidados iniciais:

 

1. Formiga, Mosquito/Pernilongo e pulgas: normalmente a picada destes animais não geram sintomas muito graves. O tutor deve verificar o local da picada para evitar infecção. Para reduzir o inchaço pode ser aplicado uma bolsa de gelo e compressa de arnica no local. Verificar se o pet não venha a desenvolver alguma reação alérgica – se for este o caso, ele deve ser encaminhado ao veterinário.

Fonte: Google
Fonte: Google

2. Carrapato: este inseto pode transmitir a doença hemoparasitose (doença do carrapato) que ainda não existe vacina, desta forma a prevenção deste parasita é muito importante para a saúde do pet. O tutor deve ter bastante cuidado ao remover o carrapato para evitar infecção.

Fonte: Google
Fonte: Google

3. Abelhas: caso o ferrão da abelha ainda esteja preso na pele do seu pet, não é aconselhado remover, pois o veneno ainda pode estar presente no ferrão e a retirada pode piorar o quadro. O indicado neste caso é levar o pet ao veterinário para a retirada apropriada.

Fonte: Google
Fonte: Google

4. Aranha e escorpião: lavar o local da picada com água e sabão neutro e levá-lo imediatamente ao veterinário. Existem diferentes tipos de aranhas e escorpiões, uns mais venenosos que outros, desta forma, recomenda-se capturar o animal peçonhento num recipiente, caso seja possível, para facilitar o diagnóstico e indicação do tratamento adequado.

Fonte: Google
Fonte: Google

 

Aqui no LAR NATURAL há várias receitinhas e truques naturais para uma série de questões! Explore a nossa busca na lupinha e descubra muitas receitas e dicas!

A gente quer conhecer você de pertinho para conseguir fazer matérias na medida dos seus desejos e necessidades, então conte pra gente quais são as suas dúvidas de casa, jardim e pet. O que você quer ver nos nossos artigos e vídeos? Conte pra gente!

Clique aqui para assistir aos vídeos do Lar Natural no Youtube!

Compartilhe esta matéria pelo Facebook ou Google +

 

Este post foi publicado em por