Como prevenir doenças nos olhos dos pets

Tudo Natural para Meu Pet ->
Ele Merece

Assim como nos humanos, os olhos dos pets também merecem atenção especial. Seja pela mudanças climáticas bruscas, o tempo mais seco, e o próprio aumento da longevidade dos pets, cada vez mais os tutores precisam ter cuidados específicos para garantir uma vida mais saudável para seu animalzinho. Veja como prevenir doenças nos olhos dos pets.

Alguns sintomas de doenças oculares:

  • Lacrimação excessiva, olhos fechados ou piscando muito pode indicar que o seu pet está com alguma dor no olho;
  • Alteração de comportamento como, por exemplo, apatia, irritabilidade e fotofobia;
  • Alteração na cor ou tamanho dos olhos;
  • Coceira e secreção nos olhos;
  • Manchas, inflamação ou vermelhidão nos olhos;
  • Perda de visão;
  • Olho turvo ou esbranquiçado;
  • Dilatação da pupila;

 

Principais doenças oculares:

Conjuntivite: pode ser causada por alergias ou infecções bacterianas, fúngicas ou virais;

Catarata: muitas vezes é causada por um trauma ou diabetes e pode atingir pets de todas as idades e raças;

Glaucoma: usualmente é herança genética nos cães, algumas raças possuem maior predisposição como Poodle, Shar Peis, Chow Chow, Bassets, Cocker Spaniels. Nos gatos, esta doença pode ocorrer com mais frequência nos gatos idosos ou diabéticos.

 

Como prevenir doenças oculares nos pets

 

  • Evitar vento forte diretamente nos olhos, limpe e hidrate os olhos. Com as mudanças climáticas e o tempo mais seco eles estão mais suscetíveis à irritações. Procure hidratar e limpar os olhinhos do pet com uma solução caseira de soro fisiológico, por exemplo;
  • Usar shampoos próprios de preferência específico para cada animal;
  • Evitar que os pelos caiam nos olhos, algumas raças peludas é indicado fazer uma tosa mais cuidadosa nesta área;
  • Ter cuidado ao secar a região do fucinho do pet após o banho, para evitar que o vapor do secador machuque o olho;
  • Consultas anuais com médicos veterinários especializados em oftalmologia animal para previnir doenças oculares, em especial se o pet tiver mais de 6 anos;

 

 

Caso perceba qualquer mudança no olho do seu animalzinho, deverá encaminhá-lo ao médico veterinário para que o diganóstico seja feito com indicação do tratamento correto.

Sobre a autora

Camila Bourgard é mãe da Caju, jornalista e possui mestrado em Comunicação.

Imagem: Hot Viral News (Reprodução)

Este post foi publicado em por