Quer emagrecer? Coma mais fibras!

Meus dias mais tranquilos e saudáveis->
Eu quero

Comer mais fibras além de ajudar a emagrecer, traz muitos benefícios para a sua saúde. Vamos ver como e porque isso acontece – e também, vamos ver quais são as melhores fontes para a sua dieta. Vem comigo!

Tipos de fibras

As fibras alimentares ou dietéticas se dividem em dois tipos:

Fibras solúveis: gomas, mucilagens, pectinas e hemiceluloses, que como o próprio nome diz, são solúveis em água e tem a capacidade de diminuir a absorção de colesterol (gordura) e glicose (açúcar) pelo organismo.

Fibras insolúveis: celulose e hemiceluloses de origem vegetal, como as frutas com cascas e sementes. Elas não dissolvem na água, seu papel é aumentar o bolo fecal, estimulando o movimento peristáltico e o trânsito intestinal.

Fonte: Google
Fonte: Google

Os benefícios das fibras no organismo

O consumo das fibras aumenta a saciedade, diminuindo a ingestão calórica, acelera o metabolismo (queima de calorias), e estimula o trânsito intestinal, liberando toxinas e diminuindo a absorção de açúcar e gordura.

Estudos confirmam que comer fibras não só emagrece como diminui a barriga e a gordura visceral. Elas favorecem o bom funcionamento do organismo, fortalecendo o sistema imunológico e combatendo alguns tipos de câncer de intestino e doenças cardiovasculares.

Fonte: Google
Fonte: Google

Por tudo isso as fibras são coadjuvantes fundamentais para emagrecer e viver com mais saúde!

Recomendação de consumo

A recomendação é que se consuma em partes iguais fibras solúveis e insolúveis de 20 a 30g diariamente. O excesso interfere na absorção de zinco e cálcio, principalmente em idosos e crianças. Lembre-se da importância de aumentar o consumo de água, para ter só os benefícios que as fibras nos proporcionam.

Fontes de fibras

Cereais integrais, cevada, centeio, trigo, quinoa, amaranto, aveia, arroz integral, feijões, lentilha, grão de bico, pães e massas integrais, etc.

Fonte: Google
Fonte: Google

Frutas com cascas, sementes e bagaços (quando comestíveis), como a laranja, caqui, goiaba, abacaxi, figo, maçã, mamão, pera, damasco, pêssego, melancia, uva, etc.

Fonte: blog Carlos Moura
Fonte: blog Carlos Moura

Sementes como a linhaça, chia, gergelim, etc.

Fonte: Google
Fonte: Google

Verduras e legumes como a abóbora, quiabo, vagem, ervilha, mandioca, berinjela, espinafre, acelga, rúcula, alface, brócolis, repolho, aspargo, milho, etc.

Fonte: Agência Minas
Fonte: Agência Minas

Você fica atenta ao consumo de fibras na sua dieta?


 

Aqui no LAR NATURAL há várias receitinhas e truques naturais para uma série de questões! Explore a nossa busca na lupinha e descubra muitas receitas e dicas!

A gente quer conhecer você de pertinho para conseguir fazer matérias na medida dos seus desejos e necessidades, então conte pra gente quais são as suas dúvidas de alimentação. O que você quer ver nos nossos artigos e vídeos? Conte pra gente!

Clique aqui para assistir aos vídeos do Lar Natural no Youtube!

Compartilhe esta matéria pelo Facebook ou Google +

Este post foi publicado em por