Alimentos naturais no tratamento de insônia, ansiedade e estresse

Meus dias mais tranquilos e saudáveis->
Eu quero

Em geral, mais de 60% da população apresenta sintomas de insônia. Seu efeito é um descontrole metabólico, físico e mental, podendo evoluir para crises de ansiedade, de pânico, histeria e inúmeras outras desordens. A perda de 90 minutos de sono diário já é suficiente para gerar um prejuízo considerável nas funções orgânicas e emocionais.  Para esses casos, trazemos uma possível solução ou um poderoso atenuante: alimentos que acalmam naturalmente.

Causando

  • Estresse;
  • Envelhecimento precoce;
  • Perda ou aumento do apetite;
  • Ansiedade;
  • Depressão.

Alimentos naturais no tratamento de insônia, ansiedade e estresse

Abaixo, algumas dicas para os insones e como gerenciar a alimentação apropriadamente:

#1Dica: Experimente não comer nada pesado a noite, alimentos gordurosos ou estimulantes como café e açúcar irão acelerar o metabolismo e inibir os hormônios do sono.

  • Se possível não coma nada após as 8 da noite e duas horas antes de dormir sugerimos uma xícara de chá de camomila, capim limão, valeriana, melissa ou erva doce. Essas ervas tem propriedades calmantes que irão ajudar a despertar o sono!

 

#2Dica: Alimentos para incluir na dieta durante o dia:

  • Linhaça: melhora o sono, ansiedade, irritabilidade e depressão. Rica em ômega 3, ajuda na regulação dos neurotransmissores;
  • Banana: Fonte de vitaminas como o complexo B que regula o sistema nervoso a banana é rica em triptofano, que regula os níveis de serotonina no cérebro hormônio responsável pelo sono;
  • Leite: Fonte de triptofano, aminoácido que se converte em serotonina regulando o sono;
  • Aveia: Fonte de triptofano a ajuda a manter um sono contínuo;
  • Couve, Alface : Ajuda no relaxamento muscular; Alface possui uma substância chamada lactucina que tem efeitos calmantes;
  • Mel: facilita a entrada do triptofano no cérebro. Uma boa dica é usar uma colher para adoçar o leite e o chá;

 

#3Dica: Melatonina e o ciclo circadiano (ritmo do sono-vigília)

  • A melatonina é produzida pela glândula pineal, sendo liberada somente em ambientes escuros e, quando o indivíduo foca sua visão em qualquer sinal de luz, sua produção passa a ser interrompida.

Por que isso é importante?

  • Biologicamente nossa espécie passou milhares de anos dormindo após o sol se pôr. Com a descoberta da energia elétrica, passamos a ficar sob a luz seja do celular, do computador, da lâmpada do quarto, além do que deveríamos. E como mencionei, a luz inibe a produção de melatonina que deixa nosso corpo desorientado, não há sol, mas há luz, e o corpo não sabe o que fazer;
  • Então é importante que ao menos reduzamos a quantidade de estímulos luminosos antes de dormir. Veja + dicas para dormir bem.

Alimentos que aumentam a produção de melatonina:

  • Abacaxi – Banana – Laranja – Aveia – Milho Verde – Arroz Integral – Tomate – Cevada

Utilizando os alimentos de forma à melhorar a qualidade do sono:

  • Ganho de autoestima
  • Bom humor
  • Aumento na capacidade de lidar com problemas do dia-a-dia
  • Ganho de concentração e foco
  • Espanta e depressão
  • Reduz ou elimina crises de pânico e desordens emocionais
  • Controle da ansiedade
  • Aumento na capacidade de realização das tarefas diárias

“Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio” Hipócrates 460 a.C.

Foto: sixtypull.sixtyandmellc.com

Sobre o autor

Augusto Castro é massoterapeuta, reikiano, aprendiz em bio construção, músico percussionista, cursa faculdade de filosofia, autodidata das terapias alternativas e mecânica quântica. Praticante de meditação, buscador dos princípios essenciais que regem o funcionamento do universo, explorador de novos jeitos de caminhar.

Este post foi publicado em por