Os benefícios do azeite de oliva extravirgem

Complementos que me dão Saúde ->
Eu preciso

O azeite de oliva é uma delícia, faz bem à saúde e, ainda, dá uma mão e tanta em várias receitas de beleza. Mas você entende bem deste líquido precioso? Opta pelo azeite só por ouvir dizer que faz bem ou por contar com mais informações?

Na verdade, pouca gente realmente tem um grande conhecimento sobre o azeite, por isso o Lar Natural entrevistou o chef Marcelo Scofano, especialista em azeites, que falou com profundidade sobre esta delícia!

Lar Natural – O azeite de oliva extravirgem pode ser considerado um aliado no combate ao envelhecimento? 

Marcelo Scofano – Estudos científicos apontam inúmeros benefícios do azeite extravirgem para o organismo. Para começar, trata-se de um alimento energético, com ação anti-colesterol, previne doenças cardiovasculares e neurovegetativas, agindo contra o envelhecimento, quando consumido regularmente.

É a ‘gordura boa’, com predomínio da monoinsaturada, essencial para uma alimentação saudável que pode suprir os 30% de gordura ideais numa alimentação balanceada, percentual necessário não só como fonte de energia, mas para compor a estrutura da pele, da retina, do sistema nervoso, as lipoproteínas e as membranas biológicas (parede das células).

O azeite de oliva tem elevado conteúdo de polifenóis, substâncias antioxidantes (compostos bioativos que fazem parte da composição de vegetais e outros alimentos).  Nos azeites, o componente fenólico principal é a oleoeuropeína, contida nas azeitonas e nas folhas da oliveira, principais responsáveis pelo sabor amargo do azeite. Costumo dizer sempre que as características sensoriais e sua complexidade estão diretamente ligadas à sua riqueza nutricional.

L.N – Há quem evite consumir o azeite por medo de engordar! Qual o consumo recomendado para aproveitar o azeite da melhor forma possível?

Marcelo Scofano – Todo grama de gordura, seja animal ou vegetal, possui 9 kcal.  Não há um consumo recomendado como ideal.  Alguns nutricionistas costumam citar entre 20 a 30 ml.  Por facilitar a absorção alimentar e ser rico em antioxidantes, seu uso é considerado em algumas dietas de emagrecimento em substituição a outras gorduras, uma vez que é a mais saudável a nossa disposição.

L.N – Há uma forma ou quantidade de azeite recomendada para  consumi-lo como alimento funcional e potente embelezador feminino?

Marcelo Scofano – Acho perigoso considerar o azeite um potente embelezador feminino.  Esta gordura vegetal constitui um dos pilares da dieta do Mediterrâneo, caracterizada pela ausência de gorduras saturadas e o elevado nível de antioxidantes naturais. É considerada uma gordura monoinsaturada por sua riqueza em ácido oleico, portanto um grande alimento funcional.

Como compostos minoritários, tem elevado poder antioxidante (ácidos fenólicos e flavonoides), que sequestram radicais livres e oxigênio ativo.  A complexidade de sua composição nos faz afirmar que a quantidade ideal varia de acordo com cada organismo, o que nos induz a aconselhar um consumo diário de 30 ml, ou seja, bom senso.

O Marcelo Scofano continuará contribuindo com o Lar Natural, então conte quais as suas principais dúvidas aqui. Assim poderemos preparar uma entrevista só com as suas questões! 

Gostou deste artigo? Compartilhe pelo facebook!

Este post foi publicado em por